Imprensa

28/11/2014
SELO SOCIAL

Setram recebe o Selo Social 2014

Unindo os três setores da sociedade por um mesmo objetivo – o de tornar a vida das pessoas melhor – o programa Selo Social encerrou sua quarta edição na noite desta quinta-feira (27). Foram 78 instituições certificadas por suas ações e projetos sociais que contribuem para o cumprimento os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), estabelecidos pela Organização das Nações Unidas. A solenidade foi realizada na Sociedade Beneficente e a iniciativa é uma promoção da Prefeitura de Brusque por meio da Secretaria de Governo e Gestão Estratégica.

Com o certificado em mãos, os voluntários, empresários, autoridades municipais e representantes da sociedade possuem agora o “status” de parceiras de um movimento mundial para melhorar o mundo. O prefeito de Brusque, Paulo Eccel, parabenizou o evolvimento de todas as entidades na iniciativa, que tem registrado grande crescimento desde sua primeira edição, e lembrou que o sucesso da proposta está na simplicidade. “O Selo Social consegue reunir os três setores no cumprimento de todos os ODM de forma prática, na partilha. Esse é o segredo”, disse.

Os resultados positivos obtidos na quarta edição do programa foram destacados pela secretária de Governo e Gestão Estratégica, Patrícia Freitas. Neste ano, foram 450 projetos inscritos por 115 organizações. Todas as propostas foram avaliadas por uma comissão técnica que emitiu parecer favorável à certificação das 78 entidades contempladas no evento. No total os projetos possibilitaram mais de 1,5 milhão de atendimentos – pois a mesma pessoa pode ser beneficiada por diferentes propostas. Somados, os investimentos aplicados por meio dos projetos ultrapassam a marca de R$ 21,6 milhões.

A cerimônia contou ainda com a presença do coordenador dos ODM na Secretaria-Geral da Presidência da República, Luiz Alberto Ribeiro Vieira, que enalteceu o trabalho desenvolvido em Brusque. “Existem algumas cidades com locais onde os projetos que atendem os ODM ainda não chegaram e precisamos continuar trabalhando para chegar lá. Mas ficamos muito satisfeitos quando presenciamos iniciativas de sucesso, como a apresentada hoje em Brusque. O Selo Social já é uma referência para todo o país e esperamos que sirva de inspiração para outras cidades”, acrescentou.

Nesta edição os projetos que tiveram como foco principal alcançar os Objetivos da Cidade – uma adaptação dos Objetivos do Milênio baseada na realidade de Brusque. Ao direcionar as ações para o município, o regulamento possibilitou que muitos projetos nascessem. Esse foi um dos fatores inovadores da nova edição do programa, que contou ainda com a I Mostra de Trabalhos e um seminário temático com as entidades inscritas, possibilitando a troca de experiência e a cooperação entre os participantes.

Selo
O Selo Social de Brusque é um diferencial para empresas, órgãos públicos e entidades, pois trata-se de um símbolo de responsabilidade social de ordem e dimensões mundiais. Seu formato tem sido citado como exemplo nacional para outras cidades. Os certificados foram entregues para as organizações que inscreveram projetos visando acabar com a fome e a miséria; promover a educação básica de qualidade para todos; igualdade entre sexos e valorização da mulher; reduzir a mortalidade infantil; melhorar a saúde das gestantes; combater a Aids, a malária e outras doenças; melhorar a qualidade de vida e respeito ao meio ambiente; e o trabalho pelo desenvolvimento.

Eduardo Pereira/SECOM

Tópicos: